Counters
Free Counter omnia mutantur, nos et mutamur in illis


Viagens...

> moacircaetano todo prosa <

> flickr <

> desenhos e photoshop <

> retratista <

> armazém de coisas <

> blog de 7 cabeças <

> músicas com josué <

> fotolog com Miriam e Ju <

Antes...

01/01/2017 a 31/01/2017
01/12/2016 a 31/12/2016
01/10/2016 a 31/10/2016
01/05/2016 a 31/05/2016
01/04/2016 a 30/04/2016
01/03/2016 a 31/03/2016
01/02/2016 a 29/02/2016
01/12/2015 a 31/12/2015
01/10/2015 a 31/10/2015
01/05/2015 a 31/05/2015
01/02/2015 a 28/02/2015
01/11/2013 a 30/11/2013
01/04/2013 a 30/04/2013
01/02/2013 a 28/02/2013
01/01/2013 a 31/01/2013
01/12/2012 a 31/12/2012
01/10/2012 a 31/10/2012
01/09/2012 a 30/09/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/02/2012 a 29/02/2012
01/12/2011 a 31/12/2011
01/03/2011 a 31/03/2011
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004


Links Amigos
 A Mulher que eu amo!!! (fotolog)
 A Mulher que eu Amo!!! (blog)
 Olívia e Bolívia
 A Madahlena sem Arrependimento
 Aline
 Andréa Del Fuego
 Ana Paula Mangeon
 Bizarro Deslumbre
 Borboleta e Joaninha
 Breves Histórias Cotidianas
 Calcinhas ao Léo
 Carla Juliano
 Césped Vesper
 Coisa Rara
 Coração na Boca
 Creolina
 Czarina
 Diovvani Mendonça
 Infinit Loop
 Decca e seus rabiscos
 Demasiadamente Inconstante
 e-pistolas
 Elaine Lemos
 Enfim tudo de novo
 Ensaios do Eu
 Escuchameporra
 Fada Milly
 Farinhada
 Fernando Palma
 Flores, Pragas e Sementes
 Gaveteiro
 Giramundo Giraeu Girassol
 Histórias e Vitórias
 Isabellinha, Movimentando o Nada
 Japonês em Braille
 Josué Gomes
 Keila, sobre caminhos e pedras...
 Leite de Letra
 Letra Preta
 Lobotomy Cafe
 Lomyne
 Lugar Gostoso
 Lume Vagante
 Marcelo Brettas
 Marluquices
 Mendoscopia
 Meu Contratempo
 Mia Geodésica
 Monopólio
 Múcio Góes
 Mundo Estranho
 Noturnolândia
 Rainha de Copas e seu sorriso de arco-íris
 Remo Saraiva
 Rita Apoena
 Samia
 Sandra Souza
 Saramar
 Torre de Bebel
 Um Anjo Pornográfico
 Um Tiro no Escuro
 Veronique
 Versos deLírios
 MUSICOVERY
 Devaneios Aéreos
 Nati Alves
 Hipácia
 O Mundo de Paco
 Tati Messias
 Suspiros de Sabrina
 Adyverso
 Verbologue
 Sentir é um Fato
 Mainha me deu lápis
 Ramon Alcântara









moacircaetano




 Escrito por moacircaetano às 07h47
[ ] [ envie esta mensagem ]



RELATIVIDADE

moacircaetano
Vamos ser felizes para sempre
pelo menos por hoje?


 Escrito por moacircaetano às 18h34
[ ] [ envie esta mensagem ]



REVELAÇÃO


Acordou no meio do nada.
Acordou
E não era mais nada!

Acordou e olhou pro nada
E viu o mar!

E o mar era azul
E o esmagava
E o céu era azul
E o esmagava
E os olhos de Marina
Eram azuis
E o nada era azul
E tudo
O esmagava!

Olhou de si pra si.
Desconfigurado.
Dilacerado.
A carne em pele viva
A carne trêmula
Rediviva
O mundo em espasmos se contraía
Recaída
Recidiva

Um besouro pousava numa folha
E não era um besouro
E era!
E de tanto ser
Transbordava-se!
Transformava-se
Em você!

Tudo, tudo lhe doía
Seus olhos doíam
O branco das coisas
Todas as coisas doíam!

Toda a beleza do mundo
Lhe oprimia
Numa miopia
Insuportável

E não podia repirar!
Não quando essa força magnífica
Lhe invadia os pulmões
Lhe expulsava o ar!

Abraçou a si mesmo
Abraçou cada uma de suas células
Beijou-as em despedida
E soltou-as a esmo
Beijou-se a si
Beijou a boca da vida!

Era um poeta!
E agora o sabia...

***Descaradamente inspirado em Renata Corrêa:
http://www.mundo-estranho.blogger.com.br/
[Sem Título]
Quarta-feira, Junho 15, 2005


 Escrito por moacircaetano às 20h45
[ ] [ envie esta mensagem ]



TEMPO

moacircaetano
tempo...
pedaços de sonhos
que já se foram
mas nem aconteceram ainda...

tempo!
o ontem que virá
o amanhã que já passou
o hoje que se finda!


 Escrito por moacircaetano às 23h25
[ ] [ envie esta mensagem ]



SÍNDROME

moacircaetano
e não pertencer
já nem se trata mais
de posse
ou da ausência de

não pertencer agora
refere-se a mim
em relação a mim mesmo
enquanto os raios no céu
germinam a esmo

me omito então
da realidade!

Volte mais tarde!


 Escrito por moacircaetano às 16h02
[ ] [ envie esta mensagem ]



FECHAMENTO DE MONOGRAFIA

moacircaetano


Essa semana
os sentimentos estão... quase ausentes
em seu lugar
apenas bibliografias, resumos, procedimentos
revisões bibliográficas
estatísticas, análises gráficas
leitura dinâmica e embasamento

A criatividade, coitada
segue acuada
em um canto da parede
e se ela insistir em aparecer
meto-lhe um porrete!




 Escrito por moacircaetano às 06h41
[ ] [ envie esta mensagem ]



arte: victor az
texto: moacircaetano
 



 Escrito por moacircaetano às 07h45
[ ] [ envie esta mensagem ]



FÔRGO

moacircaetano
adispois da festa junina
adispois
da noiti di são joão
adispois di tanta canjica
adispois di tanto quentão
ainda achei um jeito
di ti lascá um bêjo
di ti fazê minha paxão!


 Escrito por moacircaetano às 07h57
[ ] [ envie esta mensagem ]



SAL

moacircaetano
Esquece!
põe toda a sua vida
num comprimido de AAS
e me dá pra que eu beba...


 Escrito por moacircaetano às 22h58
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por moacircaetano às 18h32
[ ] [ envie esta mensagem ]



AURORA

moacircaetano
quando o céu se torna
o último limite
o que alcançar?

rasgar as nuvens
beijar o sol
roubar o ar

querer o tudo
enquanto o nada
é a nossa substância

jardim do éden
aquela árvore
na nossa infância...


 Escrito por moacircaetano às 18h35
[ ] [ envie esta mensagem ]



DOR

moacircaetano
só doi
quando eu respiro...
então não tem sido problema!

Não respiro há anos!
A vida tem sido
meu enfisema!


 Escrito por moacircaetano às 19h33
[ ] [ envie esta mensagem ]



SIM

moacircaetano
Não.
Não vire o rosto.
Não se esconda.
Não faça o que o mundo quer!
Seja você.
Seja mulher.
Seja a força que move as montanhas.
Seja toda.
Seja muitas.
Seja tantas!
Seja o que você quiser.
Esqueça os riscos da batalha.
O campo de guerra está em chamas.
Mas ainda há muito fogo pra se queimar.
Lute.
Agarre a arma em suas mãos
e dispare pra todos os lados!
Viva.
E aprenda a lição do tempo
que morre a cada segundo
e ainda assim é eterno.
Seja!


 Escrito por moacircaetano às 23h24
[ ] [ envie esta mensagem ]



Hoje não quero comemorar o Dia dos Namorados!

Não quero comemorar o que algum publicitário determinou que seria o melhor dia para homenagear quem amamos... e comprar bastante!

Hoje eu vou comemorar com você sim...

Mas comemorar nós dois!

Comemorar o que temos vivido todos os dias, cada um dos dias desde que te conheci.

Comemorar você ter me feito feliz quando eu achava que não tinha mais o direito a ser feliz.

Comemorar o sonho em que a minha vida se tornou desde que estamos juntos.

Comemorar nossos beijos, nossos abraços, nosso amor...

Hoje eu quero comemorar nossa alegria de viver, e quero comemorar o quanto a gente se combina...

Hoje, mas não só hoje, quero fazer o que temos feito todos os dias desde aquele dia: ser feliz!

Te amo, Patrícia! Te amo, minha vida...



 Escrito por moacircaetano às 10h08
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por moacircaetano às 19h28
[ ] [ envie esta mensagem ]



PÉRIPLO

moacircaetano


Hoje tomei Sonrisal
pra ver se acabava
com a eterna luta
do Bem contra o Mal

Não deu certo!
Tomei Aspirina
pra ver se assim
alguma luz me ilumina

Tentei Broncofenil
pra falta de ar
mas puta que o pariu!
não consigo respirar!

Tomei Doril
a dor não sumiu
Tomei Engov
mas não há remédio
que me renove

Bebi Biotônico
pra ficar forte
mas já estou morto!

...que falta de sorte!


10.000 visitas...
Obrigado a todos vocês...




 Escrito por moacircaetano às 13h31
[ ] [ envie esta mensagem ]



VERMELHO

moacircaetano
doce e amargo...
lógico e bizarro...
denso e fugidio...
virgem e grávido!

meu sentimento
inominado
encontrando teus olhos
fechados!


 Escrito por moacircaetano às 20h16
[ ] [ envie esta mensagem ]



PICADEIRO

moacircaetano
o que aprendi nessa vida
foi a ser palhaço
equilibrista não consegui
trapezista não tenho coragem
comer fogo? tá louco?
só tenho minha maquiagem
e umas brincadeiras bobas
pra entreter a multidão
meu sofrimento faz rir
as minhas quedas no chão
são o seu elixir
minha cara pintada
e minha gargalhada
embora falsa
fazem teu filho
mijar nas calças
de tanto rir...

Mas o meu camarim
nunca viu uma estrela
minha cama desfeita
pelo meu pouco sono
vive em abandono
vive sonhando
com alguém feminina
com a assistente
com a bailarina
com aquela espectadora
que eu vi outro dia
vivem me atormentando
o meu pouco sono
e minha cama vazia...


 Escrito por moacircaetano às 21h26
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por moacircaetano às 09h16
[ ] [ envie esta mensagem ]



EXPEDIENTE

moacircaetano


Antes das dezoito horas
o mundo se resume
ao que sabemos fazer

Antes das dezoito horas
nossa cota diária de contribuição
ao mundo, à sociedade, a seja lá
o que nos faz irmãos!

Antes das dezoito horas
o que você faz
pode ser só obrigação
ou não!

Antes das dezoito horas
cansaço, raiva, depressão
impotência, decepção

Antes das dezoito horas
a vida ataca nossas jugulares
e o sangue
se espalha pelos ares

Mas é antes das dezoito horas
que fazemos de nosso suor
algo digno, e não apenas
outro fluido corporal
é antes das dezoito horas
que o que nasce em nossas mentes
torna-se real
que o que acumulamos em nosso cérebro
encontra féretro

Após as dezoito
somos os que queremos
mas antes desse horário
somos do mundo!
somos combustível
somos centelha, faísca
somos o risco no escuro
somos o tijolo no muro
somos o abecedário!



 Escrito por moacircaetano às 16h26
[ ] [ envie esta mensagem ]