Counters
Free Counter omnia mutantur, nos et mutamur in illis


Viagens...

> moacircaetano todo prosa <

> flickr <

> desenhos e photoshop <

> retratista <

> armazém de coisas <

> blog de 7 cabeças <

> músicas com josué <

> fotolog com Miriam e Ju <

Antes...

01/01/2017 a 31/01/2017
01/12/2016 a 31/12/2016
01/10/2016 a 31/10/2016
01/05/2016 a 31/05/2016
01/04/2016 a 30/04/2016
01/03/2016 a 31/03/2016
01/02/2016 a 29/02/2016
01/12/2015 a 31/12/2015
01/10/2015 a 31/10/2015
01/05/2015 a 31/05/2015
01/02/2015 a 28/02/2015
01/11/2013 a 30/11/2013
01/04/2013 a 30/04/2013
01/02/2013 a 28/02/2013
01/01/2013 a 31/01/2013
01/12/2012 a 31/12/2012
01/10/2012 a 31/10/2012
01/09/2012 a 30/09/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/02/2012 a 29/02/2012
01/12/2011 a 31/12/2011
01/03/2011 a 31/03/2011
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004


Links Amigos
 A Mulher que eu amo!!! (fotolog)
 A Mulher que eu Amo!!! (blog)
 Olívia e Bolívia
 A Madahlena sem Arrependimento
 Aline
 Andréa Del Fuego
 Ana Paula Mangeon
 Bizarro Deslumbre
 Borboleta e Joaninha
 Breves Histórias Cotidianas
 Calcinhas ao Léo
 Carla Juliano
 Césped Vesper
 Coisa Rara
 Coração na Boca
 Creolina
 Czarina
 Diovvani Mendonça
 Infinit Loop
 Decca e seus rabiscos
 Demasiadamente Inconstante
 e-pistolas
 Elaine Lemos
 Enfim tudo de novo
 Ensaios do Eu
 Escuchameporra
 Fada Milly
 Farinhada
 Fernando Palma
 Flores, Pragas e Sementes
 Gaveteiro
 Giramundo Giraeu Girassol
 Histórias e Vitórias
 Isabellinha, Movimentando o Nada
 Japonês em Braille
 Josué Gomes
 Keila, sobre caminhos e pedras...
 Leite de Letra
 Letra Preta
 Lobotomy Cafe
 Lomyne
 Lugar Gostoso
 Lume Vagante
 Marcelo Brettas
 Marluquices
 Mendoscopia
 Meu Contratempo
 Mia Geodésica
 Monopólio
 Múcio Góes
 Mundo Estranho
 Noturnolândia
 Rainha de Copas e seu sorriso de arco-íris
 Remo Saraiva
 Rita Apoena
 Samia
 Sandra Souza
 Saramar
 Torre de Bebel
 Um Anjo Pornográfico
 Um Tiro no Escuro
 Veronique
 Versos deLírios
 MUSICOVERY
 Devaneios Aéreos
 Nati Alves
 Hipácia
 O Mundo de Paco
 Tati Messias
 Suspiros de Sabrina
 Adyverso
 Verbologue
 Sentir é um Fato
 Mainha me deu lápis
 Ramon Alcântara









moacircaetano


VIVA

moacircaetano
A vida é assim
às vezes pára
às vezes corre

A vida nos prega peças
nos pede pressa
quando o motor morre

A vida engasga às vezes
e não pega nem no tranco

A vida às vezes passa em branco...

Mas é a vida, e tem que ser vivida
acelerada, retomada, dividida
em outra e outra e outra vida

Há que se tomar as rédeas da vida
domá-la, dobrá-la e em seguida
beijá-la na boca e rasgá-la em tiras

Pra ver se o que sobra
é obra de arte
ou a parte que nos é devida!



 Escrito por moacircaetano às 07h10
[ ] [ envie esta mensagem ]



TRECHO

moacircaetano
...e minha caneta inquieta
percorre tua boca
e tuas pernas 

se infiltra, se espreita 
em tuas partes mais internas 

e se derrama em teu rosto
em rimas, gozo e meu gosto...




 Escrito por moacircaetano às 14h45
[ ] [ envie esta mensagem ]



CALENDÁRIO

moacircaetano


Indistinto
o futuro
é um traço incerto
e indiscreto
no muro

Ultapassado
o passado
é cicatriz
casca de ferida
machucado

O hoje
esse sim
é o que há
em mim!




 Escrito por moacircaetano às 13h51
[ ] [ envie esta mensagem ]



 

 

 



 Escrito por moacircaetano às 11h54
[ ] [ envie esta mensagem ]



 

 

 



 Escrito por moacircaetano às 08h36
[ ] [ envie esta mensagem ]



LIVRO-CAIXA

moacircaetano
Falta um pouco de cor em sua vida
um pouco de laranja
um tanto de vermelho
um amarelo-suicida

Falta, talvez, som em sua vida
Sinatra, Mozart, Brian Molko
um pouco de rock, um muito de valsa
o eco disforme de um grito rouco

Falta - não achas? - mais poesia
nas horas mais inesperadas
falta um gesto bêbado
e um desvio na estrada

Falta um pouco de vida em tua vida
pra que seu cansaço morra
na colisão impressentida!
Já foram lá hoje???
 


 Escrito por moacircaetano às 17h09
[ ] [ envie esta mensagem ]



SÍNTESE

moacircaetano
Paro.
Subo.
Sinto.
Espero.

Base.
Cubo.
Prisma.
Esfera.

Meia
noite.
Ex
curidão.

Minha
vida
em tua
mão.


 Escrito por moacircaetano às 11h14
[ ] [ envie esta mensagem ]



ENTRESSAFRA

moacircaetano
Um quinhão do teu afeto
é só o que te peço

Desse latifúndio improdutivo
quero ao menos um sorriso

Tuas plantações estão arrasadas
então não me sobram ao menos
uma ou duas migalhas?

Um pouquinho do seu solo
é só o que te imploro

pra plantar em minha vida
tua semente não-colhida.


 Escrito por moacircaetano às 09h59
[ ] [ envie esta mensagem ]



HOLLYWOOD

moacircaetano
Em cada esquina
uma igreja
e uma videolocadora


 Escrito por moacircaetano às 09h42
[ ] [ envie esta mensagem ]



GUERRA

moacircaetano


Bombardearei
o seu país
não me importa
se ele é triste
ou feliz

Pode esquecer
sua defesa anti-aérea
minhas tropas avançam, etéreas

Muçulmano ou indígena
aborígene ou ateu
não preciso de motivos
me basta que você
não seja eu

Artilharia pesada
é meu cartão de visitas
adentro suas estradas
destruo suas defesas
incendeio sua vida

Não peça ajuda
aos organismos internacionais
eles não te protegem mais

Bombardarei
o seu país
raptarei
saquearei
tomarei o que sempre quis!



 Escrito por moacircaetano às 09h16
[ ] [ envie esta mensagem ]