Counters
Free Counter omnia mutantur, nos et mutamur in illis


Viagens...

> moacircaetano todo prosa <

> flickr <

> desenhos e photoshop <

> retratista <

> armazém de coisas <

> blog de 7 cabeças <

> músicas com josué <

> fotolog com Miriam e Ju <

Antes...

01/01/2017 a 31/01/2017
01/12/2016 a 31/12/2016
01/10/2016 a 31/10/2016
01/05/2016 a 31/05/2016
01/04/2016 a 30/04/2016
01/03/2016 a 31/03/2016
01/02/2016 a 29/02/2016
01/12/2015 a 31/12/2015
01/10/2015 a 31/10/2015
01/05/2015 a 31/05/2015
01/02/2015 a 28/02/2015
01/11/2013 a 30/11/2013
01/04/2013 a 30/04/2013
01/02/2013 a 28/02/2013
01/01/2013 a 31/01/2013
01/12/2012 a 31/12/2012
01/10/2012 a 31/10/2012
01/09/2012 a 30/09/2012
01/08/2012 a 31/08/2012
01/07/2012 a 31/07/2012
01/02/2012 a 29/02/2012
01/12/2011 a 31/12/2011
01/03/2011 a 31/03/2011
01/08/2010 a 31/08/2010
01/07/2010 a 31/07/2010
01/03/2010 a 31/03/2010
01/08/2009 a 31/08/2009
01/07/2009 a 31/07/2009
01/04/2009 a 30/04/2009
01/02/2009 a 28/02/2009
01/01/2009 a 31/01/2009
01/12/2008 a 31/12/2008
01/11/2008 a 30/11/2008
01/10/2008 a 31/10/2008
01/09/2008 a 30/09/2008
01/08/2008 a 31/08/2008
01/07/2008 a 31/07/2008
01/06/2008 a 30/06/2008
01/05/2008 a 31/05/2008
01/04/2008 a 30/04/2008
01/03/2008 a 31/03/2008
01/02/2008 a 29/02/2008
01/01/2008 a 31/01/2008
01/12/2007 a 31/12/2007
01/11/2007 a 30/11/2007
01/10/2007 a 31/10/2007
01/09/2007 a 30/09/2007
01/08/2007 a 31/08/2007
01/07/2007 a 31/07/2007
01/06/2007 a 30/06/2007
01/05/2007 a 31/05/2007
01/04/2007 a 30/04/2007
01/03/2007 a 31/03/2007
01/02/2007 a 28/02/2007
01/01/2007 a 31/01/2007
01/12/2006 a 31/12/2006
01/11/2006 a 30/11/2006
01/10/2006 a 31/10/2006
01/09/2006 a 30/09/2006
01/08/2006 a 31/08/2006
01/07/2006 a 31/07/2006
01/06/2006 a 30/06/2006
01/05/2006 a 31/05/2006
01/04/2006 a 30/04/2006
01/03/2006 a 31/03/2006
01/02/2006 a 28/02/2006
01/01/2006 a 31/01/2006
01/12/2005 a 31/12/2005
01/11/2005 a 30/11/2005
01/10/2005 a 31/10/2005
01/09/2005 a 30/09/2005
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/02/2005 a 28/02/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/11/2004 a 30/11/2004
01/10/2004 a 31/10/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004


Links Amigos
 A Mulher que eu amo!!! (fotolog)
 A Mulher que eu Amo!!! (blog)
 Olívia e Bolívia
 A Madahlena sem Arrependimento
 Aline
 Andréa Del Fuego
 Ana Paula Mangeon
 Bizarro Deslumbre
 Borboleta e Joaninha
 Breves Histórias Cotidianas
 Calcinhas ao Léo
 Carla Juliano
 Césped Vesper
 Coisa Rara
 Coração na Boca
 Creolina
 Czarina
 Diovvani Mendonça
 Infinit Loop
 Decca e seus rabiscos
 Demasiadamente Inconstante
 e-pistolas
 Elaine Lemos
 Enfim tudo de novo
 Ensaios do Eu
 Escuchameporra
 Fada Milly
 Farinhada
 Fernando Palma
 Flores, Pragas e Sementes
 Gaveteiro
 Giramundo Giraeu Girassol
 Histórias e Vitórias
 Isabellinha, Movimentando o Nada
 Japonês em Braille
 Josué Gomes
 Keila, sobre caminhos e pedras...
 Leite de Letra
 Letra Preta
 Lobotomy Cafe
 Lomyne
 Lugar Gostoso
 Lume Vagante
 Marcelo Brettas
 Marluquices
 Mendoscopia
 Meu Contratempo
 Mia Geodésica
 Monopólio
 Múcio Góes
 Mundo Estranho
 Noturnolândia
 Rainha de Copas e seu sorriso de arco-íris
 Remo Saraiva
 Rita Apoena
 Samia
 Sandra Souza
 Saramar
 Torre de Bebel
 Um Anjo Pornográfico
 Um Tiro no Escuro
 Veronique
 Versos deLírios
 MUSICOVERY
 Devaneios Aéreos
 Nati Alves
 Hipácia
 O Mundo de Paco
 Tati Messias
 Suspiros de Sabrina
 Adyverso
 Verbologue
 Sentir é um Fato
 Mainha me deu lápis
 Ramon Alcântara









moacircaetano


A FADA NEGRA

 

Eu já estive lá.

Melhor não entrar.

Se puder, fique parada na porta

e se finja de morta

vendo a banda passar.

Não a convide jamais.

Ela sabe o que faz

e depois não vai mais embora,

apesar do adiantado da hora.

 

Eu já passei longos dias

naquela estadia,

suando em corredores frios

e sem iluminação.

Minha pele feito coração,

e meus nervos em frangalhos,

medo de tudo que se movia...

Definitivamente,

ela não é boa companhia.

 

Hoje, olhando em retrospectiva,

penso que a melhor medida

é não deixá-la se aproximar.

Apesar de seu canto atraente,

ela não sabe parar

até acabar com a gente.

Até não restar

nada, nada em pé.

Ela é uma terrível mulher.

 

Ela não se contenta com pouco.

É um anjo louco

em busca das nossas almas.

E depois não há calma,

paciência ou guerrilha

que a detenha.

Navio sem quilha,

cadeado sem senha.

 

Eu já estive lá

e quase não saí.

Sorrateira...

Ela não é brincadeira.

Melhor sorrir

sempre que puder,

e quando nada for pra riso,

apele pra fé,

ou pro amor,

ou seja o que te for

que te mantenha em pé.

 

Tenha sempre um desafio,

guarde uma flor na lapela,

vá contra a correnteza do rio,

acorde primeiro que ela

e saia sem deixar endereço.

O preço

é alto demais pra ser pego na curva.

 

Tome banho de chuva,

mate serviço um dia que seja

pra tomar uma cerveja com quem você ama,

transforme cada minuto num fim de semana

mesmo que seja só na sua imaginação.

Plante flores em cada fresta no chão

e colha antes que ela apareça.

Ela não gosta de felicidades

nem de surpresas.

 

Eu já estive lá.

E sei que pensar

já é meio caminho pra ser.

Então não deixa acontecer.

Nem pense nisso!

Faça um compromisso

com ninguém além de você:

Queira ser feliz quando crescer,

mas seja criança todo dia,

seja sempre uma menina...

 

Assim ser feliz será só mais um dia de rotina!



 Escrito por moacircaetano às 17h31
[ ] [ envie esta mensagem ]